Por trás da armadura existe muita coisa.

2

Me desculpe usar eventualmente essa armadura que insisto em vestir para me proteger de certas peças que a vida gosta de pregar. Sabe como é, essa história de que a gente dá sempre a volta por cima e deixa o que passou para trás toda vez é bobagem. Por trás desse papo de manter obrigatoriamente a auto estima elevada o tempo todo, existem muitos arranhões, muitas cicatrizes e ainda, muito medo em ganhar novas decepções.

Pode parecer um pouco melodrama falar a este respeito, mas sejamos sinceros: quem nunca se enganou? (In)felizmente, traçamos alguns caminhos equivocados, caímos em algumas armadilhas pregadas por nossas escolhas, e temos que aprender a conviver com essas consequências. E a minha consequência foi aderir constantemente à essa armadura enlatada onde me sinto em segurança, que nem uma latinha de sardinha.

E não pense que esse recurso é de exclusividade minha. A gente sai por aí e vê pela rua tanta gente que também se protege de tanta coisa que fica impossível saber exatamente do quê. Tem quem não queira se envolver, tem quem não consiga mais expressar o que sente, e tem também aqueles que preferem fingir o que não são atrás de alguma máscara que te mostre confiante e satisfeito todo o tempo.

Mas a vida é assim… um dia a gente ganha, outro dia a gente perde. E como em um jogo maluco que nem mesmo escolhemos jogar, precisamos aprender a contornar os perigos que muitas vezes nós mesmos nos pregamos. Viver sempre sob uma capa de medo e insegurança não é nada saudável, tanto para você como para as outras pessoas que possam aparecer na sua vida, e, quem sabe, se interessar pelo seu jeito sem tirar nem por, exatamente da maneira que a vida te moldou. Somos sim obras de nossas vidas, dos nossos dias, dos nossos momentos felizes, e também dos decepcionantes.

Então, meu amigo, te digo o que me falo todo santo dia pela manhã. Não se esqueça de deixar sua armadura no armário antes de sair de casa. Você não precisa se livrar totalmente dela, porque, no fundo, ela é muitas vezes necessária. Mas você não precisa estar com ela o tempo todo também. Seja livre para sentir, amar, sofrer, sorrir, conhecer gente, descobrir pessoas novas dentro de quem você já conhece há tempos. Não se sinta obrigado a vestir nenhuma máscara que te faça aparentar feliz o tempo todo, porque ninguém consegue ser feliz o tempo todo. Ninguém merece viver sempre preso junto às outras sardinhas enlatadas. Viva sem medo de cair, porque são os tombos que nos dão coragem para levantar.

Compartilhe.

2 Comentários

  1. Ei, continua escrevendo que vou estar sempre passando por aqui. Boa sorte pra vc e tudo de bom na sua jornada. #CoragemMulher

    P.s: Minha armadura tá ficando pesada já, rs. AFF.

    • Obrigada pela sua visita querido! Volte sempre que será bem vindo!
      E é aquela velha história… A gente consegue carregar o exato peso que o mundo coloca nas nossas costas! Vamos seguir que o nosso amor próprio nos faz mais fortes!;)
      Beijos!

Deixe um comentário