Por aí…

0

Não sei vocês, mas eu adoro conhecer novos restaurantes pela cidade e também adoro descobrir novos lugares para fazer gordices.

Entre os dias 14 e 23 de fevereiro está acontecendo o SANDUWEEK, uma boa oportunidade para quem gosta de experimentar novos lanches. Os preços não são dos mais baratos, mas mesmo assim é bem legal para conhecer.

Na realidade, e aproveitando que estamos falando de gordices, quero indicar hoje uma hamburgueria que fui ontem, e achei realmente muito, muito boa!

Imagem

 

P.J. Clarke’s (Rua Oscar Freire, 497 – Jardins, ou na Rua Doutor Mário Ferraz, 568 – Itaim Bibi)

Logo que você entra no P.J. Clarkes, você automaticamente já se sente no clima americano. As paredes decoradas com fotos de celebridades, as mesinhas cobertas com toalhas xadrez, a luz meio baixa e a trilha sonora ao fundo embalada por canções de jazz, funk e soul. 

No cardápio (em inglês e legendas em português – o que, na minha opinião, deveria ter sido adaptado totalmente ao português) dispõe de entradas, saladas, sopas, hambúrgueres (carro chefe do restaurante), pratos e sobremesas. 

Os preços realmente não são dos mais baratos, mas também não chegam a ser absurdos. A média de preços dos lanches é entre R$27 à R$35 reais, acompanhados de porção de fritas, cebola ou salada. 

Pedi o The Cadillac, que, para um bom brasileiro, nada mais é do que um X-Bacon. Mas daí então percebi o diferencial do P.J. Clarkes: os sabores, temperos e tamanho do que você pede. O hambúrguer é realmente bem generoso, assim como a porção de batata frita (aliás, recomendo pedir a maionese a parte para as fritas – a de alho é realmente uma delícia).

Imagem

(a foto está péssima, mas a culpa além da câmera do celular  é da luz baixa do ambiente)

Além do hambúrguer e das fritas, pedi uma pink lemonade (R$8 a pequena), e quem gosta de algo mais azedinho vai adorar (eu adoro, mas sorte que pedi com açúcar). 

De sobremesa, pedi Clarke’s Cup – em resumo, duas bolas de sorvete, chantily, calda de chocolate e farofa crocante). Dividi a sobremesa com duas amigas, mas a esta altura ninguém mais aguentava comer mais nada quase. 

O total da conta (como hambúrguer e fritas, bebida e sobremesa + os 10%) saiu R$52 reais por pessoa – sendo que minhas amigas também pediram o mesmo que eu. 

O que melhoraria no restaurante, além do cardápio em inglês, seria o atendimento. Apesar de, na maior parte do tempo os garçons terem sido super solícitos, detesto comer com alguém pressionando para que pedíssemos a sobremesa e pagássemos a conta. Além do mais, o clima “Oscar Freire High Society” me incomoda um pouco, porque não me sinto à vontade quando estão reparando no que você está fazendo.

De qualquer forma, super indico para quem quiser conhecer o P.J. Clarke’s. Quem sabe algum dia não vou conhecer o primeiro, em Chicago, né?

 

Compartilhe.

Deixe um comentário