O que o destino guardou para nós

0

Dizem por aí que a vida acontece da exata maneira que tem que acontecer. Já cansei de ouvir frases decoradas do tipo “o que tiver que ser será”. Eu admiro as pessoas pacientes, que aceitam de bom grado o tempo que for para descobrir, enfim, o caminho que a vida está seguindo. Mas no fundo, eu não as entendo.

Será que mais alguém por aí compartilha do meu cansaço por esperar para ter certeza se algum dia terei ou não aquilo que almejo na vida? Será que isso é coisa da idade? Aquele velho negócio que nossos pais consideram apenas como uma fase passageira? Será, aliás, que na época dos vinte e poucos anos deles, eles também se sentiram assim, e no fundo, tudo não passa mesmo de uma fase que é levada embora aos poucos pelos ventos dos anos? E no futuro, quem sabe, eu seja também a mãe que acha o filho avoado demais, que esqueceu dos próprios sonhos por algum lugar no caminho, deixando a vida ser escrita por um desconhecido que tenha me prometido tudo em troca de alguns anos de espera.

Mas os anos passam, meus amigos, passam rápido demais aliás, como se estivessem mesmo acomunados em um plano maligno junto ao destino, compartilhando de algumas pegadinhas para nos fazer deixar nossos desejos de lado e nos contentar com aquilo que nos é oferecido.

image

Por outro lado, nunca gostei de filmes óbvios, com o final já previsto desde o começo. E se aquilo que estamos recebendo, ao contrário do que nos pode parecer, nada mais é do que a mais pefeita realidade que poderíamos viver? E se essas imagens onde me vejo viajando pelo mundo, conhecendo lugares e pessoas, recebendo rapidamente reconhecimento por aquilo que considero fazer melhor, e se tudo isso, se colocado facilmente em prática, não me serviria como destino?

E se você não estiver entendendo nada do que essas palavras pretendem significar, não se preocupe. Eu ainda não entendi o verdadeiro significado do futuro que tenho pela frente, ainda não aprendi a esperar para ver o que vem por aí e não tenho ainda realmente certeza se quero esperar para ver se alguma coisa vai ou não acontecer. Eu também gosto de spoilers, e por isso leio sempre a última página do livro quando começo a lê-lo.

E enfim, eu também não entendi se existe ou não alguma chance de fazer um acordo com o tempo e o destino (naquele plano mirabolante que eles estão planejando para mim). Se eles aceitassem, ofereceria meus sonhos como inspiração e minha bucket list como roteiro e falaria, então: “se virem, aproveitem e façam o melhor possível”.

image

Compartilhe.

Deixe um comentário